Espectacular carreira do Team Lotus no GP de Hungria de F-1 lucindo a Bandeira Nacional Galega

Tremenda carreira da equipa Lotus no GP de Hungria de F-1 celebrado este domingo dia 28 de Julho de 2013. Os seus dois pilotos demonstraram um grande ritmo no asfalto húngaro que, em várias ocasiões, pôs entre as cordas a algum dos seus rivais. Finalmente, Kimi Räikkönen alçou-se com a segunda posição, um novo podio que permite ascender ao finlandês à segunda praça do Mundial de Pilotos. Por sua vez, Romain Grosjean consegue uma merecida sexta praça. Apesar das sanções impostas pela FIA, o francês termina contente e com vontades de seguir melhorando para conseguir em algum dia a vitória.

Grosjean-F1-Formula-GP-Hungarian

Kimi Räikkönen (2º):

“Foi uma boa carreira e um bom resultado para a equipa. A estratégia funcionou bem: fizemos dois stints longos com os pneus, mas não foi nada mau e o carro esteve forte, de modo que isso nos permitiu fazer uma paragem menos. Nas últimas voltas, as rodas traseras estavam ao limite, mas tirando isso todo foi bem. Sebastian acercou-se ao meu em um par de ocasiões, mas por sorte foi em locais onde não se pode adiantar. O mais positivo é que ganhamos uns pontos a Seb no Mundial. Sem dúvida, poderíamos ter reduzido a distância um pouco mñas com uma vitória, mas todo o que consigamos ajuda. Só estamos a metade da temporada e será complicado lhe dar caça, mas tudo pode passar, de modo que seguiremos lutando até o final”.

Galician Flag

Romain Grosjean (6º):

“Sem dúvida, estou muito contente com a minha carreira e, sinceramente, não acho que pudesse ter feito bem mais. Quiçá a estratégia não funcionou como esperávamos, mas o carro se comportou bem e foi o tráfico o que me prejudicou. Sem esse problema, quiçá nunca tivesse um ‘drive-through’, que não ajudou em absoluto. Ainda não vi as imagens e pensei que era uma boa manobra, mas por desgraça os comissários não pensaram o mesmo. Não tive problema com o tempo acrescentado pelo incidente com Jenson e já me desculpei ante ele. Esta pôde ser a minha carreira, mas simplesmente temos de esperar um pouco mais e seguir melhorando como temos estado fazendo”.

Galician Flag Lotus F-1

Eric Boullier, chefe da equipa Lotus:

“Outro bom resultado para Kimi. Conduziu muito bem e foi respaldado por uma forte estratégia que lhe fez chegar ao podio. Romain teve muito má sorte, já que não pudemos adiantar a Fernando em boxes, e isso lhe custou tempo, além do ‘drive-through’. Conduziu muito bem em um circuito onde adiantar é complicado e não teve espaço para fazer nada. Para nós, a decisão dos comissários foi dura. O mais importante que nos levamos do fim de semana é o ritmo do carro; este circuito é especial, e acho que terá outros onde teremos que trabalhar mais duro, mas estou seguro de que estaremos a lutar de forma constante pelo podio na cada carreira da segunda metade da temporada. Rede Bull está bastante longe, mas demonstrámos que se lhes pode bater”

Fonte: F1 ao Dia

Relacionadas:

Lotus leva a bandeira galega á F-1 como homenaxe ás vítimas